O que ensinar ao cachorro

O que ensinar ao cachorro: truques e brincadeiras

Os truques são muito comumente repassados entre os donos e os animais. Por isso, é importante que o tutor tenha um bom repertório para que o cão seja obediente e possa aprender da maneira correta. Você sabe o que ensinar ao cachorro para garantir maior divertimento e obediência dentro de casa? Algumas dicas podem ser repassadas quanto a isso.

Um dos grandes benefícios para que você possa ensinar ao seu cãozinho coisas novas é o incentivo físico e mental. Sempre que ele aprende novos truques, é capaz de assimilar maiores informações e acabar se divertindo durante todo o processo. Vamos lá?

O que ensinar ao cachorro: a diversão em primeiro lugar

O que ensinar ao cachorro

A prática de truques é muito benéfica para o seu animal. Além de garantir um maior bem-estar físico e mental, ela acelera o processo de assimilação do cachorro. Aprender novos truques é sempre empolgante para o seu bichinho, então não deixe de oferecer a ele um momento tão especial ao lado de seu tutor.

Na maior parte dos casos, é bem comum que os donos estabeleçam um limite bastante ambicioso, mas também é preciso levar em consideração o nível de aprendizado do cachorro. Não adianta de nada propor um desafio muito complexo quando, na verdade, ele ainda não está preparado com o básico.

Muitos cachorros até podem apresentar uma grande disposição para aprender, mas é preciso compreender os seus limites. Forçar o cãozinho a fazer algo que ele claramente está desconfortável não será uma boa experiência. Entenda que, até mesmo os animais, possuem um limite que merece ser analisado com cautela e respeitado a todo o custo.

Além disso, quando falamos em ensinar para o seu companheiro alguns truques, precisamos pensar na diversão advinda de ambas as partes. Se o cachorro não se diverte, então todo o exercício passa a ser uma obrigatoriedade e não um momento de lazer. Os cães não ficam nada confortáveis em um ambiente imposto.

Jornada e objetivo

Praticar os truques é sinônimo de construir toda uma experiência de ambas as partes. A pressão e severidade não devem fazer parte dessa longa jornada que, pouco a pouco, será construída por vocês. Ser cuidadoso e praticar quando o cãozinho não estiver cansado são indícios de respeito, sobre o qual falamos anteriormente.

Seja paciente com o seu cachorro, nem sempre ele irá acertar de primeira e precisa aprender com os próprios erros a se superar. O sistema de recompensas é um bom incentivo para que aprenda mais rápido, principalmente quando envolver petiscos ou os seus brinquedos favoritos. Então, não deixe de anotar isso na sua lista.

Na maior parte dos casos, o seu cachorro não vai entender logo de primeira tudo o que deve ser feito. Afinal, ele ainda não está acostumado com novas imposições. Sendo assim, o melhor é treinar e repetir os comandos, observando o modo como ele reage a cada um deles e, se necessário, corrigindo a sua postura.

Diante de todos esses argumentos, fica mais fácil entender que a prática dos truques irá contribuir para um maior entendimento do seu companheiro de quatro patas. Assim, você poderá fazer com que ele ganhe maior confiança na sua figura e, ao mesmo tempo, poderá se exercitar.

Como motivar o cachorro

O que ensinar ao cachorro

A questão da confiança exerce muita influência tanto em seu cãozinho quanto em você. A partir do momento em que se sente no controle da situação, vai ficar muito mais fácil de fazer com que ele aprenda. Quando falamos sobre o que ensinar ao cachorro, é interessante lembrar que uma via de mão dupla surge.

Sejam pequenos truques ou aqueles mais complexos, será necessário se manter firme e obstinado. Não desistir do seu cachorro, nem mesmo quando ele insiste em querer fazer outra coisa, é o primeiro passo para conseguir atingir os seus principais objetivos com o treinamento.

O que ensinar ao cachorro: recompensa

É muito comum que você veja uma boa parte dos tutores falando acerca da questão da recompensa. Isso é bem natural, já que o cachorro se mostra bem mais estimulado quando algo de seu interesse está envolvido no processo de aprendizado. Além disso, elogios também podem ser vistos com bons olhos.

Os reforços positivos por meio de guloseimas, mimos ou brinquedos podem fazer com que o cachorro se aproxime ainda mais de seu dono e, consequentemente o motivarão a alcançar o objetivo com maior agilidade.

As recompensas devem ser oferecidas de modo imediato, assim que o sucesso for alcançado. Desse modo, a mente do seu cãozinho irá entender, de modo automático, que sempre que ele decidir se esforçar para realizar determinado truque ou habilidade, poderá receber algo de seu agrado em troca do bom desempenho.

O sentimento de concretização também é importante. Quando você percebe que determinado exercício faz com que o seu companheiro não se mostre nada confortável, o ideal é recuar alguns passos, pedir para que ele execute um truque que já domina e, em seguida, dar uma recompensa.

Os truques mais populares

O que ensinar ao cachorro

Dentre os truques mais populares estão os clássicos:

  • Dar a patinha;
  • acenar;
  • sentar e pedir;
  • sapateado;
  • derruba;
  • rolar;
  • fingir de morto;
  • rastejar;
  • rodar;
  • ziguezague entre as pernas;
  • apanhar e equilibrar um objeto ou guloseima.

Sabendo disso, você pode encontrar alguns tutoriais, na internet, que detalham como funciona todo o processo de treinamento. É válido lembrar que as dicas aqui passadas são de extrema importância para que o animal tenha total preparo para executar o que lhe foi ensinado e, ao mesmo tempo, não se sentir pressionado com isso.

Elemento comum entre os truques

Existe um elemento comum entre os truques que foram mencionados, muito embora não pareça. Todos eles tomam como base um mesmo princípio: uma ordem que deve ser transmitida com clareza, fazendo com que um gesto se mostre explicitamente e seja encerrado com algum tipo de recompensa.

Quando você compreende o esquema que está por trás do aprendizado, é certo que fica bem mais fácil trabalhar as habilidades do seu animal. Então, da maneira como foi dita por algumas vezes, o mais importante é permitir que ele se sinta à vontade com a situação e possa aprender em seu próprio ritmo.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *