Golden Retriever

Golden Retriever: um grande companheiro

É muito comum que nós vejamos cachorros de grande porte com um tom mais ameaçador, mas o Golden Retriever chegou para quebrar qualquer tipo de estereótipo construído ao longo dos anos. Com a sua carinha adorável e um grande desejo de ajudar os donos, ele pode ser uma opção espetacular para quem deseja tranquilidade.

Muito parceiro dos tutores e, principalmente, das crianças, a raça também se mostra bastante presente em hospitais, fazendo visitas para reduzir a carga de estresse das pessoas doentes e transmitindo todo o amor que é característico do animal. Por essa descrição você já deve imaginar como será seu companheiro, certo?

A história do Golden Retriever

Golden Retriever

Os principais registros acabam por indicar que a origem desse cachorrinho está diretamente atrelada à era vitoriana. O seu surgimento é dado pelo desejo de ter um cachorro de médio porte, capaz de entrar na água gelada e nadar tranquilamente. Dessa maneira, poderiam pegar peixes e atravessar a mata para caçar aves selvagens.

No ano de 1800, mais ou menos, a caça era tanto um esporte quanto uma fonte de alimento. Ter um Golden Retriever ao lado era sinônimo de fartura e de que o dinheiro da semana estaria garantido. Por isso, com o aumento da procura por essa raça, entre 1850 e 1890, o barão Dudley Coutts, Marjoribanks cruzou um retreiver e uma tweed walter spainel. Sendo assim, os filhotes surgiam com a promessa de serem ótimos caçadores.

Antes de tudo acontecer, a raça era vista unicamente com uma variação de cor do pelo. De toda a maneira, com o resultado dos cruzamentos que, pouco a pouco, foram acontecendo, o cachorrinho ganhou mais tipos de pintura corporal.

Apenas no ano de 1932 é que o AKC reconheceu o Golden Retriever como sendo uma raça e, dessa maneira, permitiu que ele fosse devidamente registrado com o nome que conhecemos na atualidade.

Características físicas da raça

Querendo ou não, podemos afirmar que o animalzinho tem algumas características bem marcantes. Muito embora algumas pessoas ainda o confundam com o labrador, é possível observar que a textura e o corte de seu pelo são mais ondulados e espessos, garantindo uma aparência um tanto quanto “cacheada” para a raça.

Assim como o seu nome já sugere, a cor da pelagem do Golden Retriever é a dourada, dourada clara ou dourada escura. Isso é estabelecido por meio dos padrões da AKC. As tonalidades que sejam um pouco mais claras ou mais escuras do que as estabelecidas também são normais.

Temperamento do Golden Retriever

Golden Retriever

Diferente do cachorrinho que vimos em “Marley & Eu”, que é da raça labrador, o Golden Retriever é um cãozinho muito calmo e adora caçar. Ele é bastante inteligente, obediente e adora aprender, o que vai facilitar, e muito, na hora de adestrar seu companheiro. Também podemos vê-los atuando facilmente como cão guia de pessoas cegas ou, até mesmo, em resgates.

Quando estão em casa, costumam ser brincalhões, muito amigáveis e querem brincar o tempo inteiro. Ou seja, se você pretende ter esse companheiro na sua casa, é melhor reservar uma boa parte de seu tempo para lhe dar atenção. Sendo assim, os exercícios físicos diários também devem estar incluídos no pacote.

Se você acabar por deixar o seu cãozinho sozinho por muito tempo, o mais provável é que ele fique bastante estressado e acabe entrando em um estado depressivo. Sendo assim, é melhor treiná-lo para que entenda quando for necessário se afastar do lar para ir ao trabalho ou para outro tipo de ocasião.

Caso o seu Golden Retriever não seja adestrado da maneira correta, ele pode, até mesmo, tornar-se um pouco destruidor. Se ele estiver dentro de casa, essa característica não é nada interessante e pode custar bem caro para os seus móveis.

A raça com as crianças e outros animais

Assim como já foi dito em um momento anterior, esse cachorrinho é muito amigo de crianças, até porque é bem comum vê-lo em hospitais ajudando os pequenos com câncer a se recuperar. Pela doçura inserida em si mesmo, você não precisa se preocupar quanto a deixá-los brincando juntos.

Com relação aos outros animais, eles são completamente de boas. O Golden Retriever pode encará-los como irmãos e, de alguma maneira, criar um pouco de rivalidade, mas nada que deva preocupar os danos ou que cause reações agressivas necessárias de grandes cuidados.

O Golden Retriever é barulhento?

Golden Retriever

De acordo com o temperamento que o seu cãozinho possui, ele não fará muito barulho. Para falar a verdade, eles sequer gostam de latir sem motivos. É claro que, quando está muito empolgado e na presença de seu dono, ele poderá tentar “se comunicar” da maneira que pode.

Se você vir um Golden Retriever, é porque ele foi deixado por muito tempo sozinho e, muito provavelmente, está completamente irritado com a situação. Também é importante dar atenção ao seu companheiro para que não entre em estado de estresse, prejudicando a sua saúde.

Ele costuma destruir objetos?

Como já falamos anteriormente, é muito difícil você ver um cãozinho desta raça sendo destruidora ou barulhenta. O Golden Retriever é muito dócil e gosta de respeitar todos aqueles limites que são estabelecidos por seu dono, costumando obedecer a cada um deles.

De toda a maneira, é interessante ter cuidado com a sua saúde mental. Caso ele se sinta ameaçado, de alguma maneira, ou então abandonado, a destruição será uma maneira de aliviar o estresse e chamar a atenção de seu dono para os próprios sentimentos. Por isso, cuide de seu companheiro da melhor forma possível.

Cuidados com o Golden Retriever

Golden Retriever

Um dos primeiros cuidados que serão necessários para um convívio entre você e o seu animalzinho é o banho. Por gostar muito de brincadeiras, e principalmente de água, ele ficará extremamente contente diante de um bom banho. Por isso, ele fará questão de se sujar em várias poças apenas para ter uma oportunidade. Sendo assim, os banhos devem ocorrer com frequência.

A escovação também deve ser uma prioridade, já que o pelo do cachorro é um tanto quanto longo. Dessa maneira, o ideal é escovar por cerca de 2 vezes na semana.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *